Jordan Peterson coloca o dedo na ferido

Eu sempre revejo revejo este vídeo, é revigorante.

O centro da mensagem dele é um chamado para uma existência apropriada, uma existência heróica onde as pessoas adotem sua responsabilidade individual.

As pessoas precisam se acertar, descobrir o que poderiam ser se assumissem o fardo da existência como pessoas respeitáveis, de boa educação, articuladas e poderosas, o que traz benefícios para todos!

Então ele critica o desperdício que é passar o período da faculdade pensando no diploma, enquanto o verdadeiro poder encontra-se em desenvolver um discurso articulado e formular bons argumentos. O foco do estudo universitário deveria ser aprender a pensar, aprender a escrever, aprender a ler e isso é que é poder, não ser treinado para um emprego.

Ele reclama do comportamento vitimista dos estudantes universitários americanos. Fico com vontade de trazê-lo às universidades brasileiras, aos cursos de humanas principalmente, que nem sabem mais o que combatem, só querem “quebrar tabus”.

Assistam!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *